Como atualizar o cadúnico?

Como atualizar o cadúnico?

Quer saber quando e como deve atualizar suas informações no CADÚNICO? Então confira nosso guia e saiba tudo sobre esse assunto.

Vamos explicar o que é e quais os programas oferecidos pelo CADÚNICO, qual a importância da atualização de dados no sistema, como o que e quando atualizar seus dados, quem pode se cadastrar no sistema e como realizar esse processo.

O que é e quais os programas oferecidos através do CADÚNICO?

O Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (Cadastro Único) é uma ferramenta que identifica e caracteriza as famílias de baixa renda do Brasil e insere em programas sociais do governo.

Atualmente, 20 programas do governo federal como Bolsa Família, Minha Casa Minha Vida e Tarifa Social de Energia Elétrica, entre outros, utilizam o Cadastro Único para organizar e identificar quem realmente precisa desse benefício.

O banco de dados possui atualmente 26,5 milhões de famílias brasileiras totalizando 79,2 milhões de pessoas.

Importância da atualização dos dados no CADÚNICO

O CADÚNICO é uma ferramenta muito importante, para otimizar a gestão dos programas que auxilia a implementação e o aprimoramento de políticas sociais.

Devido a isso, é muito importante que as informações das famílias estejam atualizadas da maneira correta, para que os programas sociais não sejam bloqueados ou cancelados.

Saiba o que e quando atualizar seus dados no CADÚNICO

Veja o que deve ser atualizado em seu cadastro e em quanto tempo os dados devem ser atualizados para que os benefícios concedidos com os programas sociais estejam garantidos.

A atualização dos dados das pessoas que possuem o benefício deve ser feita sempre que houver mudança na situação da família ou, no máximo, a cada dois anos.

Como atualizar seus dados no CADÚNICO

Para realizar a atualização ou a confirmação dos dados, a pessoa que está cadastrada deve procurar o setor responsável pelo cadastramento no seu município ou em um dos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) mais próximo e solicitar a atualização de dados.

Quem pode se cadastrar no CADÚNICO

Veja se você faz parte do grupo de pessoas que podem se inscrever no CADÚNICO e receber benefícios de programas sociais.

Famílias que tenham renda mensal de até meio salário mínimo por pessoa ou com renda familiar total de até três salários mínimos podem se inscrever no CADÚNICO.

Pessoas com renda familiar mensal superior a esses limites pré-estabelecidos, também podem se cadastrar, porém, é necessário que a inclusão esteja voltada para um programa específico.

Vale ressaltar que a inscrição da família no Cadastro Único não garante a concessão automática dos benefícios dos programas. Cada programa social tem suas regras e prazos que devem ser respeitados.

O que é preciso para se cadastrar no CADÚNICO

Confira a seguir o que é preciso para se cadastrar no CADÚNICO seguindo nosso guia a seguir.

Para se cadastrar, é necessário que uma pessoa da família seja o representante e responsável por responder às perguntas da entrevista de cadastramento.

A pessoa responsável para representar a família, deve ter pelo menos 16 anos e, de preferência, ser uma mulher.

Todas as pessoas que moram na mesma casa e dividem renda e despesas devem ser cadastradas em uma mesma família.

Importante frisar que a pessoa responsável deverá prestar informações verdadeiras no momento da entrevista, sob as penas da lei.

Confira a seguir os documentos obrigatórios para o cadastramento:

Para o responsável pela família:

  • CPF ou Título de Eleitor;

  • Indígenas podem apresentar o Registro Administrativo de Nascimento Indígena (RANI) ou qualquer outro documento oficial de identificação;

  • Quilombolas também podem apresentar qualquer documento oficial de identificação.

Para as outras pessoas da família: Basta apresentar qualquer um desses documentos de identificação:

  • Certidão de nascimento, certidão de casamento, CPF, RG, carteira de trabalho ou título de eleitor.

Documentos que não são obrigatórios, mas facilitam o cadastramento:

  • Comprovante de endereço, de preferência a conta de luz;

  • Comprovante de matrícula escolar das crianças e jovens até 17 anos. Se não tiver comprovante, leve o nome da escola de cada criança ou jovem;

  • Carteira de trabalho.

Gostou do nosso artigo sobre atualização no CADÚNICO? Então compartilhe com os amigos e em suas redes sociais para que mais pessoas possam aprender como realizar esse processo.

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *